Uma Semana no Aeroporto, de Alain de Botton

Os aeroportos, com todo o seu turbilhão, interesse e beleza, são os centros imaginários da nossa civilização.

 

«A pessoa que me telefonou disse-me que recentemente a sua companhia tinha desenvolvido um interesse por literatura e que tinha decidido convidar um escritor para passar uma semana no seu mais recente centro de passageiros, o Terminal 5, situado entre as duas pistas do maior aeroporto de Londres. Esse artista, logo pomposamente denominado como o primeiro escritor-residente de Heathrow, teria como função fazer um levantamento impressionista das instalações e, depois, à vista de todos os passageiros e do pessoal, juntar material suficiente para um livro a ser escrito numa secretária especialmente colocada para o efeito na área das partidas, entre as zonas D e E. »

Uma Semana no Aeroporto – Um diário de Heathrow, Dom Quixote, 2011

Anúncios